Perguntas Frequentes sobre Desempenho do Forro

 Desempenho    |    Seleção do produto    |    Instalação e Pintura em Campo

Acústica

  1. O que é NRC?
  2. O que é CAC?
  3. O que é CC e como medir?
  4. O que é Sabin?
  5. Qual a diferença entre STC, CSTC e CAC?

 

Desempenho contra incêndios

  1. O que é propagação de chamas e desenvolvimento de fumaça? Como isso se relaciona com fireguard e classe A?
  2. Os forros sozinhos proporcionam uma classificação de uma hora?
  3. Quais forros e suspensões da Armstrong eu posso usar se for necessário um conjunto com classificação de incêndios?  
  4. Como os tipos BF, P e PC em designs da UL se relacionam com os produtos reais?
  5. Como obter uma classificação por hora para um corredor?
  6. Como posso obter uma cópia do Diretório de resistência contra incêndios da UL?
  7. Como as suspensões dos tipos AFG, AFG-A, AFG-MX, FSL, FSLK, FST-6000 e FST-6000A se relacionam com os produtos reais?
  8. Você possui algum design da UL para o seu Sistema de Drywall Furring System?

 

SÍSMICO

  1. Quais produtos de suspensão podem ser usados para aplicações sísmicas?
  2. O que eu preciso saber para poder instalar forros atendendo aos requisitos sísmicos?
  3. Existe um procedimento de instalação passo a passo para requisitos sísmicos?
  4. Como eu sei qual código meu Estado ou município adotou?

 

CLEAN ROOM

  1. De que forma as avaliações da classe clean room da ISO/TC209 se comparam com as avaliações da classe clean room da Norma Federal 209E?
  2. O que significam avaliações da classe clean room?
  3. Quais produtos recomendamos para aplicações Clean Room?
  4. Para uma aplicação clean room, eu preciso vedar meus painéis na suspensão?

 

QUALIDADE DO AR INTERNO

  1. Os forros Armstrong são seguros para a instalação e uso?
  2. Os produtos de forro da Armstrong contêm lã mineral?  Em caso afirmativo, esses produtos representam um risco para a saúde?
  3. Os produtos de forro da Armstrong liberam formaldeído? Em caso afirmativo, representam um risco para a saúde?
  4. Os produtos de forro de fibra de vidro da Armstrong representam um risco para a saúde?
  5. Houve uma recente mudança favorável na regra atual sobre os aspectos de saúde e a classificação de vidro fibroso, lã mineral e de escória?
  6. As fibras respiráveis ​​são liberadas durante atividades de manutenção geral, com consequente exigência de alteração/remoção do produto CIRRUS?

 

Limpeza

  1. Como limpar os forros Armstrong?

 


ACÚSTICA

  • 1. P:  O que é NRC?

R: Coeficiente médio de absorção do som medido em quatro frequências: 250, 500, 1000 e 2.000 Hz, expressos como o número inteiro múltiplo e mais próximo de 0,05. Classifica a capacidade de um forro ou painel de parede ou outra construção de absorver o som. O NRC é a fração de energia sonora calculada pela média de todos os ângulos de direção e de frequências mínimas a máximas absorvidas e não refletidas. O NRC varia de 0 (piso de concreto) a 1,00 (produtos acústicos de alto desempenho, como o OPTIMA).

Voltar para o topo ^


  • 2. P:  O que é CAC?

R: O CAC avalia a eficiência de um forro como uma barreira para a transmissão do som através do ar entre escritórios fechados adjacentes. Indicado como um valor mínimo, anteriormente expresso como CSTC (Classe de transmissão do som no forro). Classificação de único valor derivado dos valores normalizados de atenuação do forro, em conformidade com a classificação da ASTM E413, com a diferença de que a classificação resultante deverá ser a classe de atenuação do forro designada. (Definida na ASTM E1414.) 

Voltar para o topo ^


  • 3. P:  O que é AC e como medir?

R: A Classe de Articulação ou CA é um meio de classificar o desempenho acústico relativo dos produtos, assim como forros, usados em ambientes de escritório com plano aberto.

 No escritório aberto, a principal fonte de ruído que causa distração é a voz humana, e portanto, uma grande preocupação é como evitar a intrusão da voz distrativa de colegas de trabalho. Se houver um murmúrio geral no espaço, porém sem palavras claramente compreendidas, geralmente podemos “sintonizá-los” como ruído de fundo. A voz é considerada intrusiva, apenas se as palavras puderem ser compreendidas. Nesse tipo de situação, é difícil não “escutar” e se distrair (queira você ouvir ou não!). 

Na avaliação do desempenho da CA, o som é gerado por um alto-falante em um lado de uma divisória com 60” de altura. Os dados são coletados sobre a atenuação do som (qual o nível de silêncio) no outro lado da divisória, em frequências entre 100 e 5000 Hz (altura muito baixa ou muito elevada). Os dados da redução do ruído são, em seguida, utilizados para calcular o valor de CA do produto sendo testado. Ao calcular a CA, a redução do som que ocorre em frequências mais altas (> 1000 Hz) é tratada como mais importante do que aquela que ocorre em baixas frequências. Por quê? A CA nos permite avaliar o quanto um produto absorverá o ruído gerado pela voz das pessoas. As vozes geram um som com ampla gama de frequências. O som das vogais ocorrem em baixa frequência e o som das consoantes ocorrem em maior frequência. O som das vogais carregam apenas volume. O som das consoantes é o elemento mais importante na compreensão da fala. Por exemplo, os sons consonantais são a única diferença entre as palavras bala, fala, mala e vala.

 Se um produto puder absorver a maior parte dos sons consonantais, não é possível distinguir o que uma pessoa do cubículo do outro lado da sala está dizendo ao telefone. Novamente, se não for possível entender as palavras, o ruído não é considerado distração. Os forros mais adequados para o uso em escritórios abertos possuem um valor de CA de 170 ou maior. Um forro acústico padrão (NRC 0.55) normalmente terá CA de 150. Materiais não absorventes, como placa de gesso, terão uma CA de 120. A maior CA que pode ser obtida por um forro está entre 220 e 230.

Voltar para o topo ^


  • 4. P:  O que é Sabin?

R: Uma medida de absorção do som proporcionada por um material quando instalado no interior de um espaço arquitetônico.  O número de Sabin por unidade é aproximadamente igual à área total da superfície da unidade (em pés quadrados), que é exposta ao som, multiplicada pelo coeficiente de absorção do som do material.

Voltar para o topo ^


  • 5. P:  Qual a diferença entre STC, CSTC e CAC?

R: STC - Classe de Transmissão do Som - a redução do som de um lado da barreira ao outro - paredes. Classificação de passagem única. 

CSTC - STC do Forro - Método de teste AMA 1-II-1967 - Teste de duas salas que mede o som que atravessa um forro, passa por um entre-forro em comum e desce para o ambiente através do forro da sala adjacente (receptora). Dupla passagem. 

CAC - STC do Forro - ASTM E1414 - Método de teste da ASTM introduzido em 1995. Substituiu essencialmente o teste AMA 1-II.

Voltar para o topo ^


DESEMPENHO CONTRA INCÊNDIOS

  • 1. P:   O que é propagação de chamas e desenvolvimento de fumaça? Como isso se relaciona com fireguard e classe A?

R: Classificação das características de queima da superfície (Anteriormente, Classificação de propagação de chamas) 

A Classificação das características de queima da superfície de um material é um número calculado a partir dos resultados de um teste, que indica a taxa relativa com a qual a chama se espalha pela superfície do material, em comparação com a propagação de chamas em placa de ciemnto amianto, cujo valor é 0, e em carvalho vermelho, cujo valor é 100. Observe que essa classificação não corresponde à proporção que a chama realmente se espalha ao longo da superfície, tampouco uma indicação da resistência do material à incêndios.

 Método de teste 

O teste usado para obter resultados, através do qual a classificação é calculada, é o “Método de teste das características de queima da superfície dos materiais de construção” (NFPA Nº 255, ASTM E84, UL Nº 723). É comumente conhecido como Teste de Túnel. O equipamento do teste é conhecido como túnel de 25 pés. Embora vários testes em pequena escala tenham sido desenvolvidos para prever as classificações da propagação das chamas com base no teste do túnel, estes são principalmente testes de bancada para o desenvolvimento de produtos. A National Fire Protection Association (NFPA) não aceitou nenhum método alternativo para determinar as características de propagação das chamas dos materiais a serem utilizados em edifícios. Para essa finalidade, a NFPA recomenda apenas o teste de túnel. 

A amostra do material a ser testado (largura de 18” e comprimento de 25' no mínimo) é instalada por baixo de um painel superior removível. Uma chama de gás é aplicada em uma extremidade e uma corrente constante regulada é direcionada através do túnel a partir da extremidade da chama. A evolução da frente da chama ao longo da amostra é observada através de visores laterais. Uma classificação de propagação das chamas é um número relativo. Não tem relação dire